terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Você é um irrigador de grama?


Certa vez uma criança de sete anos perguntou à sua mãe, que era famosa apresentadora de programa de TV:


- Mãe, por que na tela da televisão você sempre aparece sorrindo e feliz e em casa está sempre séria e nervosa?


A mãe, pega de surpresa, respondeu:


- É porque na televisão eu sou paga para sorrir.


E a filha, mais que depressa, tornou a perguntar:


- Mãe, quanto você quer ganhar para sorrir também em nossa casa?


A pergunta da garotinha nos oferece motivos de reflexão.


Por que não sorrir no melhor lugar do mundo, que é o nosso lar? Por que não dar para os nossos tesouros mais preciosos, o melhor?


Você já parou para observar um irrigador de grama em funcionamento?


Girando, ele irriga toda a grama à sua volta. Mas quando chegamos mais perto, observamos que a grama que está próxima do irrigador, está seca.


O irrigador molha a grama que está distante de si, mas não consegue molhar a grama que está mais próxima.


Será que em nossa família estamos agindo à semelhança do irrigador de grama?


Se estamos, é hora de mudar com urgência. Verifiquemos que quando um amigo vem à nossa casa, colocamos um sorriso no rosto.


Procuramos ser prestativos, companheiros, perguntamos como ele está, o que tem feito. Somos extremamente simpáticos. Nosso rosto é a própria expressão da alegria e da camaradagem. Batemos carinhosamente em suas costas. Olhamos com respeito e amizade nos seus olhos. Sorrimos e sorrimos muito.


Toda nossa atenção, durante o tempo em que ele está conosco, é para ele. Deixamos as nossas atividades habituais, largamos o jornal, deixamos de assistir o programa de tv que tanto gostamos.


Termina a conversa, o amigo precisa ir embora e despedimo-nos. Acompanhamo-lo até à porta, ficamos acenando até ele desaparecer na rua.


Agora, voltamos para o interior da nossa casa e para nossa família.


Como que num passe de mágica, nosso rosto se fecha, ficamos carrancudos.


Vamos ler nosso jornal em silêncio, e que ninguém nos perturbe. Passamos a ser outra pessoa. Junto ao amigo somos pessoas simpáticas e sorridentes. Junto à nossa família somos antipáticos e exigentes. Por que?


Será que os nossos amores não merecem a nossa atenção e o nosso carinho?
Pense nisso!


Se você se deu conta que está agindo mais ou menos como um irrigador de grama, reverta logo a situação.


Ainda hoje, enquanto você está com seus filhos, sua esposa, seus pais, seja alegre.


Converse. Interesse-se pela vida deles. O que eles fazem enquanto você está na escola, no trabalho, na rua?


Eles estão com algum problema? Gostariam de contar?


Sorria. Conte histórias de bom conteúdo. Relate fatos de sua experiência. E sorria.


Sobretudo, abrace com carinho, beije com amor.


Agindo assim, nossa casa se transformará em um lar.

E ainda hoje seremos mais felizes.

 
Recebi esse texto por email de um amigo e decidi compartilhá-lo com vocês. Desconheço o autor. Acredito que todos podemos ser melhores, sempre podemos mais, então como desafio a nós mesmos, sejamos mais chuva que molha indiscriminadamente e menos irrigador. Que saibamos reconhecer o gradioso valor de ser pais/mães, que aprendamos a "perder" tempo com o que realmente tem valor e importa. Não acredito em tempo de qualidade com os filhos, acredito em passar tempo com eles. Acredito que como mãe, sou insubstituível e por isso já abri mão de muita coisa (eu era funcionária pública concursada e com um salário bem razoável), mas quando meu filho Guilherme, por motivos de saúde, precisou de mim, abandonei o mundo e me concentrei em ajudá-lo. Deus honrou a minha escolha e o curou milagrosamente, como os próprios médicos disseram! 
Para 2011, eu quero mais, quero me sujar de areia com eles, quero ir ao cinema e fazer mais sessões pipoca aqui em casa, quero mais noites de conto de terror, mais futebol, pega-pega e banho de mangueira no quintal, quero apresentar o mar a João Pedro, quero comer bala, algodão doce, bolo de chocolate. Quero continuar lendo histórias, brincar de esconde-esconde, de "massinha", de pista HotWhells e Max Steel. Não aguento mais o Ben 10, mas vou assistir uns episódios. Quero mais, muito mais. Quero namorar mais, dar mais carinho e atenção ao maridex, ele merece muito! TE AMO.

O que vocês querem molhar em 2011?



Faltam apenas 4 dias para o fim do SORTEIO. Se você não se inscreveu ainda, vai lá tentar a sorte!

                                  Inscrições AQUI
 
Bjs

13 comentários:

  1. Chegei aqui no teu BLOG agora e quero participar do sorteio ! Rs !
    Que presente LINDO !
    Att !
    Márcia
    marcialcintra@globo.com
    Rio de Janeiro

    ResponderExcluir
  2. Adorei esta mensagem.
    Vamos desejar tudo de muito bom em 2011!


    Feliz Natal!

    beijos,
    Rose.

    ResponderExcluir
  3. Oi Ana que coisa mais linda amei o texto..amei tua visão de vida...obrigada pela linda mensagem e vou seguir teus conselhos..tb não aguento mais ben 10..mas assisto todos como se fosse a 1ª vez..beijos e mais beijos..obrigada pelo carinho...

    ResponderExcluir
  4. Ana querida, lindo texto, e mais lindo ainda tudo que você escreveu!!!
    EU SOU A CHUVA!!!
    Amei demais, você é muito especial!!!
    Beijossssssssssss pra ti
    Vero

    ResponderExcluir
  5. OI, Ana Paula queridaaaaaa!!

    Muito obrigada pela sua visitinha tão carinhosa lá no blog, viu?
    Menina, que texto-bombástico!!! Toca fundo na gente, né? rsrsrsrs...com certeza, quero ser um irrigador de grama e quero que a grama lá de casa fique bem verdinha, cheia de vida e saúde!!
    Amiga,
    Estamos chegando ao fim deste ano.
    Muitas festas, alegrias e tristezas, decepções e conquistas.
    Deus esteve conosco em cada momento...
    Em cada respirar dos nossos corações,
    Em cada amanhecer,
    Em cada fôlego de vida,
    Em cada caminho,
    Em cada decisão,
    Em cada perdão,
    Em cada beijo,
    Em cada palavra...
    Ele é o único que não nos abandona.
    Ele nos ama e quer SEMPRE o melhor para nós.
    Façamos uma pausa nos agitos e consumismos da vida.
    Não esqueçamos de reservar tempo para agradecer ao nosso Pai.
    Deixemos Jesus entrar nas nossas vidas pequenas e Ele vai torná-las grandes.
    Vamos amar e perdoar como Jesus e mudar este mundo ao nosso redor.
    A mudança deve começar sempre em cada um de nós.
    Não espere que o outro mude; é em você que a mudança deve primeiro acontecer!
    Que nestes dias do Natal e Fim de Ano possamos dar mais do que receber.
    Que tenhamos um encontro com Jesus dentro de nós.
    Que alcancemos as metas e sonhos ainda neste ano.

    JAMAIS DESISTA, pois... "o choro pode durar uma noite mas a alegria vem pela manhã".
    Os vencedores são aqueles que não param à beira do caminho.
    São os que transformam as circunstâncias contrárias em desafios a serem vencidos.
    Fazem do limão uam bela limonada, o milho duro em fofinha pipoca.

    E que o Amor, a Paz e a Vida Plena sejam para todos, todos os dias de 2011 !!!

    UM beijão
    Helena
    http://diaadiacorridinho.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. AI, ANINHA... professora tem mto disso, a gente tem que sorrir mto, mesmo querendo se descabelar, gritar... af!!! E qdo chega em casa, tudo isso vai a baila... ui, ui, vou sempre lembrar do regador!!
    Tô doida pra chegar o dia 25 !!! Faz um suspense!!!

    bjs mil da Dri Brasil

    ResponderExcluir
  7. Oi amiga, passei para dizer que adorei seu blog, e já estou te seguindo.
    Espero você no Mademoiselle K .
    Bjks

    http://mademoisellekarol.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Oi, Ana, adorei a mensagem! Mto profunda... impossível não refletirmos sobre nossas ações dentro da nossa casinha... não quero ser irrigador de grama!!!
    E eu quero ganhar esse prato!!! hehehe
    Bjos

    ResponderExcluir
  9. Oi Ana entrei aqui para conhecer o teu blog e me deparei com esse texto lindo, não resisti e estou te seguindo queria te convidar para conheceres o meu, se gostares, fica comigo tá? vou adorar! beijão e boa noite!

    ResponderExcluir
  10. Ok, pensei que não ia abrir a cx de comentários. Tô inscrita no sorteio, viu Ana Paula?

    ResponderExcluir
  11. Amei esta mensagem... e copiei pra não esquecer de ser chuva.
    Beijos e Feliz Natal.

    ResponderExcluir
  12. Oi Ana!

    Realmente o seu texto é lindo e, mesmo vc não falando em detalhes, amei e fiquei emocionada com o seu depoimento em relação ao seu filho! Mas eu, sinceramente, já fui chuva e irrigador, e pra família inteira, parentes e agregados, sabe? Quando eu precisei, de verdade, tomei uma toba! kkkkkkkkkk Por isso, mudei um pouco minha postura. Valorizo quem merece valorização. Irrigo quem sei que vai gerar sementes boas. Pros que só dão frutos podres, quero mais é que morram secos! hahahahaha

    Bjs querida e valeu por seguir meu bloguito!!!

    ResponderExcluir
  13. É isso aí!

    Adorei o texto, e confesso que já pratico isso de ser "chuva"...Rs... Já há algum tempo!

    Procuro estar realmente presente, no presente...Entende!

    Nada de ...Depois eu vejo isso!...Depois eu digo aquilo!...Depois eu peço desculpas!!!

    O passado nunca mais voltará e o futuro a Deus pertence!!!

    Viver o presente, com seus familiares, completamente entregue... É isso que procuro fazer.

    Quando estou no computador, e meu filho ou marido se aproximam, viro de costas para a telinha na hora, e me viro completamente para eles, pois dou mais mais atenção aos que estão realmente ao meu redor, do que aos que estão "virtualmente", na minha vida!

    Parabéns pelo post e um feliz Natal,amiga

    Paulinha

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário: